Notícias

Grupo de bailarinos apóia campanha da Poliomielite

Apresentação gratuita para animar as crianças na campanha da Fiocruz

 

O Dançando Para Não Dançar, o balé das comunidades populares do Rio de Janeiro, se apresenta neste sábado (20), no palco montado em frente ao Castelo de Manguinhos (Fiocruz), às 14h10, em apoio à Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite (paralisia infantil). O espetáculo é aberto ao público.

 

Os jovens bailarinos mostrarão trechos do balé Amazônia: Floresta do Brasil – um tributo a Villa Lobos – e os brasileiríssimos, Urubu Malandro, com música de Pixinguinha, em que as bailarinas sambam na ponta da sapatilha, e Kizomba, música de Luis Carlos da Vila.

 

Este é o sexto ano em que o Dançando Para Não Dançar é convidado a apoiar ao programa “Fiocruz pra você” – uma campanha que tem como objetivo a promoção da saúde pública. Começa às 8h e vai até as 17h.

 

As crianças, depois de tomarem a gotinha, familiares e o público em geral poderão assistir a uma série de eventos programados e ao balé.

 

Dançando – Criado em 1995, o projeto utiliza o perfil lúdico do balé clássico como instrumento de inclusão social e de cidadania. Os principais alvos são a profissionalização de jovens, o incentivo à participação cultural e o combate à exclusão social, ao proporcionar acesso à formação em uma profissão que dificilmente jovens carentes ingressariam.

 

A metodologia aporta, além das aulas de dança, o suporte sócio-educativo, com aulas de informática e reforço escolar; assistência médica e odontológica, acompanhamento com assistente social e psicólogo, inclusive para os familiares. Ainda, acompanha o processo de escolaridade dos alunos com aulas de reforço e, inclusive concedendo, por meio de parcerias, bolsas de estudos em cursos pré-vestibulares, faculdades e cursos de línguas estrangeiras. O projeto encaminha alunos para especializações em renomadas companhias e escolas de dança no Brasil e no exterior. Hoje em 13 comunidades, o projeto beneficia 480 crianças e jovens.

 

Além do patrocínio da Petrobras, o projeto conta com os apoios da Faperj; do Governo do Estado do Rio de Janeiro; da Video Filmes; do Ministério da Cultura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura. Do Brasas English Course e do Curso Baukurs (alemão). Da UniverCidade, da Unisuan, do Curso Ramos, do Curso Daltro e do Instituto Master de Cultura. Do Teatro Leblon e Teatro das Artes. Da Staatilicher Balletschule Berlin (escola alemã), Dance Teather of Harlen (Nova Iorque), Ballet Stagium, Centro de Movimento Deborah Colker e Grupo Corpo.

 

Imprensa:

 

Fernanda Santos – (21) 9103-4010 – santos.fernanda@uol.com.br

Tânia Aguilar (61) 9297-9749 – taniaimprensa@gmail.com

 

Informações: projetodancando@ig.com.br

Deixe uma resposta