Notícias

Dançando Para Não Dançar abre sessão inaugural do Cinema BR em Movimento em 2009

O Grupo Dançando Para Não Dançar, companhia formada exclusivamente por bailarinos de comunidades populares, é convidado para abrir a primeira sessão de 2009 do projeto Cinema BR em Movimento, no Rio de Janeiro – RJ, no sábado 29 de agosto, na quadra esportiva do morro Santa Marta, em Botafogo. Os portões serão abertos às 17h. Às 18h, inicia o espetáculo de dança e, em seguida, a exibição do filme Cine Gibi 3, às 18h30.

 

Nessa sessão especial de abertura, as meninas do Dançando Para Não Dançar, patrocinado pela Petrobras Distribuidora, dançarão trechos de repertórios clássicos.

 

Na ocasião haverá distribuição de pipoca e guaraná natural. Além de animadores e sorteio de brindes. O projeto exibe filmes recém-lançados no circuito – gratuitamente – para populações que não têm acesso ao cinema. No local, será montado um espaço de exibição com direito a telão de 300 polegadas e equipamento com tecnologia digital de som e imagem. A realização é da MPC (Meios de Produção e Comunicação) e do Icem (Instituto Cultura em Movimento), com apoio da Comunidade do Santa Marta.

 

“O convite ao Dançando se dá pela afinidade de propósito dos dois projetos, voltados à inclusão sócio-cultural e à educação”, afirma Thereza Aguilar, coordenadora e diretora da Companhia.

 

O projeto – O Cinema BR em Movimento, também patrocinado pela Petrobras Distribuidora, chega à sua décima edição e percorrerá 27 estados da federação até o fim de 2009. No Estado do Rio de Janeiro, estão programadas 70 sessões até o fim do ano, o que abrange 17 municípios. Em agosto, o projeto chegará também a Silva Jardim, Casimiro de Abreu, Magé, Rio das Ostras e Macaé.

 

Este ano o projeto exibirá quatro longas-metragens e três curtas. O público poderá conferir a animação infantil Cine Gibi 3 e os dramas Meu Nome Não é Johnny, grande sucesso estrelado por Selton Mello, e Romance, com Wagner Moura e Letícia Sabatella, além do documentário Três Irmãos de Sangue, que conta a história dos irmãos Betinho, Henfil e Chico Mário. Já os curtas selecionados foram Engano, de Cavi Borges, e as animações O Paradoxo da Espera do Ônibus, de Christian Caselli e Vida Maria, de Márcio Ramos (vencedor do Anima Mundi 2008).

 

Dançando – Criado em 1995, o projeto utiliza o perfil lúdico do balé clássico como instrumento de inclusão social e de cidadania. Os principais alvos são a profissionalização de jovens, o incentivo à participação cultural e o combate à exclusão social, ao proporcionar acesso à formação em uma profissão que dificilmente jovens carentes ingressariam.

 

A metodologia aporta, além das aulas de dança, o suporte sócio-educativo, com aulas de informática e reforço escolar; assistência médica e odontológica, acompanhamento com assistente social e psicólogo, inclusive para os familiares. Ainda, acompanha o processo de escolaridade dos alunos com aulas de reforço e, inclusive concedendo, por meio de parcerias, bolsas de estudos em cursos pré-vestibulares, faculdades e cursos de línguas estrangeiras. O projeto encaminha alunos para especializações em renomadas companhias e escolas de dança no Brasil e no exterior. Hoje em 13 comunidades, o projeto beneficia 480 crianças e jovens.

 

O grupo – É formado por alunos das primeiras turmas do projeto. Nasceu com o objetivo de dar aos jovens a chance de continuar a formação e o desenvolvimento profissional na área da dança, bem como criar mecanismos para geração de renda e para formação plena de cidadania. Desde 2004, o grupo vem popularizando o balé clássico em eventos realizados em praças, feiras, parques, escolas, universidades, teatros e presídios.

 

Além do patrocínio da Petrobras Distribuidora, desde 1997, o Dançando para não dançar conta com os seguintes apoios: Faperj; Governo do Estado do Rio de Janeiro; Vídeo Filmes; Ministério da Cultura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura; Brasas English Course; Curso Baukurs (alemão); UniverCidade; Unisuam; Curso Ramos; Curso Daltro; Instituto Master de Cultura; Teatro Leblon; Teatro das Artes; Staatiliche Balletschule Berlin (escola alemã); Dance Theater of Harlem (Nova Iorque); Ballet Stagium; Centro de Movimento Deborah Colker; e Grupo Corpo.

 

Imprensa:

 

Fernanda Santos – (21) 9103-4010 – santos.fernanda@uol.com.br

Tânia Aguilar – (21) 78765384 – (Rádio) 10*1637 – taniaimprensa@gmail.com

 

Informações: projetodancando@ig.com.br

 

Serviço

Cinema BR em Movimento – Abertura com o espetáculo do Dançando Para Não Dançar

Dia: 29 de agosto de 2009

Horário: 18h30

Local: Quadra Esportiva do Morro Santa Marta, Botafogo – Rio de Janeiro

Ingresso: Entrada Franca

Deixe uma resposta